CONFIRA O VÍDEO

domingo, 8 de setembro de 2013

METRÓPOLE ESPIRITUAL - UMA REGIÃO IMENSA DE ACOLHIMENTO E ENCAMINHAMENTO DE DESENCARNADOS PARA O TRABALHO NA TERRA

PARA ALÉM DAS COLÔNIAS


Por três ou quatro vezes anteriormente a essa (que me lembre) estive em período de sono/sonho, em regiões onde se encontram Colônias Espirituais de Tratamento para os desencarnados do Planeta Terra. Em uma delas, tive a GRAÇA de ver minha mãe sendo tratada no Plano Espiritual, em local semelhante a uma enfermaria de Hospital como concebemos aqui na vida MATERIAL. Em outra, fui levado ao lado de fora de uma Colônia de acolhimento de recém desencarnados, onde, um amigo espiritual que não conseguia ver, apenas ouvia, me informou que se encontrava uma tia muito querida, que acabara de desencarnar. No local, uma série de construções, como se fossem pavilhões, eram iluminados como que por fortes explosões de LUZ, que, segundo o amigo que me conduzia, eram fruto da energia restauradora de pensamentos e preces endereçadas da TERRA pelos parentes e amigos dos que tinham feito a GRANDE VIAGEM. A terceira experiência, foi a de encontrar num "ESCRITÓRIO DE TRABALHO", de onde as Casas Espíritas são acompanhadas pelo Plano Espiritual, sendo aquele um dos responsáveis pelas Casas Espíritas do Rio de Janeiro, um companheiro de longa data, com quem muito aprendi e trabalhei durante vários anos. Fazia ele ali, e contarei detalhes em futura matéria, o mesmo que sempre fez quando encarnado, ou seja, TRABALHAVA PELO BOM FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 

Foram experiências emocionantes e belas, que mexeram, no sentido de fortalecer minha convicção de que A VIDA CONTINUA após a morte do corpo físico, plena, e sempre coberta pela MISERICÓRDIA de DEUS, através do trabalho de seus mensageiros de AMOR e PAZ.

Nesse post de hoje, porém, vou tratar de uma experiência de VISITA não a uma COLÔNIA ESPIRITUAL, mas, a uma SUPER COLÔNIA, ou METRÓPOLE ESPIRITUAL, tal a dimensão do LOCAL onde por pouco mais de minuto, estive durante o sono. O local é imenso, para onde se olhe são vistas construções de pequeno porte, tal como se fossem casas de apenas um andar. Algumas, poucas, se diferenciam no tamanho e na LUZ, mas, as demais, estão da mesma forma iluminadas. Do ALTO, de onde vislumbrava a imensidão daquele que seria se comparado com alguma coisa da TERRA, um imenso condomínio de casas, tipo vilas ou conjunto, era possível ver que FLUTUAVA acima da camada da atmosfera da TERRA, que, numa "transparência" de difícil colocação em termos de nossas palavras, podia ser vista azulada e brilhante, logo abaixo. 

A TERRA e o LOCAL DA METRÓPOLE estavam ligados por uma espécie de linhas de energia. Maravilhado e ao mesmo tempo surpreso e quase que paralisado, sentia que o meu GUIA ou CICERONE, como queiram, me conduzia, cruzando a extensão sem fim do local, como que num veículo movido por pensamento. Fiz, mentalmente, uma série de perguntas, para as quais obtive sucintas e agrupadas respostas.

Ali, nessa região, estão um incontável número de desencarnados do PLANETA. Irmãos nossos que, APÓS A MORTE FÍSICA, já estiveram em outros locais no Plano Espiritual, onde se harmonizaram, refizeram-se dos problemas mais GRAVES, agudos e crônicos do período de vida como encarnados, e que foram  para ali agora  transferidos, e já dão seus primeiros passos no trabalho do BEM. 

Então é ali o que chamamos de erraticidade ? - Quem sabe, de forma bastante aproximada, da parte da erraticidade em que se faz o balanço da vida passada, se aprende e produz no hoje e se prepara o futuro. E como trabalham esses irmãos no Plano Espiritual ? - Eis aí o motivo de sua vinda, como outros tantos já vieram e outros virão. Esses companheiros precisam quem lhes dê, no ambiente da TERRA, oportunidades de trabalho, visto que no estado de desenvolvimento espiritual que se encontram, é para isso que estão capacitados. Eles precisam, ao lado de trabalhadores encarnados, desenvolver tarefas de ESTUDO, de ASSISTÊNCIA AOS DOENTES, AOS FAMINTOS, precisam trabalhar no PASSE, EVANGELIZAR...

Ouvi então as últimas palavras do meu CICERONE, antes de despertar: _O objetivo desse encontro rápido, para a forma de contagem do tempo na Terra meu irmão, é o de lhe pedir, lhe fazer um convite, que participe de forma mais ativa no trabalho do BEM, na SEARA do Cristo, abrindo então MAIS espaço, para que um sem número de trabalhadores daqui de nossa METRÓPOLE, possam deles participar. E aí, aceita a fraterna PARCERIA ?

Despertei, como sempre após casos assim, com 'taquicardia' pela emoção, choro contido, mas, com uma serenidade e alegria, difíceis de serem traduzidos em palavras. A resposta ao "convite", eu preciso dar de forma prática.


Não encontrei nenhuma imagem que represente o que passei.
02:10 horas - 08/09/2013
S.L.P.O. 
Por; Servo Luiz
Todos os direitos reservados.

Reprodução autorizada com citação da fonte




COMUNICADO

COMUNICADO