CONFIRA O VÍDEO

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL X PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER - IMPRESSIONANTE ?!!


Francisco Cândido Xavier morreu há 15 anos, deixando para trás mais de 412 livros escritos. Mas ele sempre rejeitou a autoria de todos: a obra seria inteira psicografada, ditada diretamente de espíritos que falavam ao médium.

Com o aniversário de falecimento do líder espírita, uma empresa brasileira resolveu investigar a obra de Chico usando inteligência artificial. Ao longo da vida, ele psicografou livros de vários autores diferentes. A ideia era usar todo o poder de computação para responder duas perguntas: esse autores têm cada um seu estilo próprio? Eles são suficientemente diferentes entre si?

A Stilingue, uma empresa que trabalha com análise de textos via inteligência artificial para “resumir a internet”, encontrando tendências nas redes sociais, resolveu testar como as obras psicografadas seriam analisadas por uma técnica de aprendizado de máquinas chamada Deep Learning.

A partir de grandes quantidades de dados, o computador aprende a criar relações entre eles, sem precisar aprender, por exemplo, o que é um verbo, um adjetivo, um substantivo. Se fosse reconstruir a Bíblia, o computador logo ia aprender que precisa colocar um número antes de cada frase, porque o livro é estruturado em versículos.

A mesma técnica também já foi usada para recriar Shakespeare. Depois de ler milhões de caracteres do dramaturgo, o computador era capaz de escrever sozinho “imitando” o estilo do inglês, sem nunca ter passado por uma aula de literatura. Nem sempre as frases fazem total sentido, mas os tempos verbais e a mania de criar palavras novas mudando o final delas ficam reproduzidos, igualzinho.

No caso de Chico Xavier, o estudo da Stilingue selecionou três dos principais autores psicografados pelo médium: Emmanuel, André Luiz e Humberto de Campos.

Para “alimentar” a rede neural artificial, eles selecionaram três livros de cada autor – que precisam ser enormes, porque a técnica deep learning exige, no mínimo, um milhão de caracteres por autor conseguir aprender com sucesso. “No caso de Humberto de Campos, sentimos um pouco de falta de mais material. Ele é um autor mais desafiador porque escrevia diferentes tipos de texto [contos, anedotas e poesias]”, explica Milton Stiilpen Jr., fundador da Stilingue.

Devidamente treinado, o computador começou a reproduzir os textos. André Luiz, por exemplo, tinha o hábito de colocar falas espaçadas entre blocos de texto maiores, ao invés de criar longos blocos de diálogos.

André Luiz: entidade espírita vs. bot

Este primeiro texto foi psicografado por Chico Xavier

Os encarnados presentes viam tão-somente o corpo de Otávia, dominado pelo sacerdote que lhes era invisível, quase a rebentar-se de soluços atrozes, mas nós víıamos além. A nobre senhora desencarnada postou-se ao lado do filho e começou a beijá-lo, em lágrimas de reconhecimento e amor. Pranto copioso identificava-os. Cobrando forças novas, a genitora continuou:

– Perdoe-me, filho querido, se noutra época induzi o seu coração à responsabilidade eclesiástica, modificando o curso de suas tendências. Suas lutas de agora me atingem a alma angustiada. Seja forte, Marinho, e ajude-me! Desvencilhe-se dos maus companheiros! Não vale rebelar-se. Nunca fugiremos à lei do Eterno! Onde você estiver, a voz divina se fará ouvir no imo da consciência…

Nesse momento, observei que o sacerdote recordou instintivamente os amigos, tocado de profundo receio. Agora que reencontrava a mãezinha carinhosa e devotada a Deus, que sentia a vibração confortadora do ambiente de fraternidade e féé, sentia medo de regressar ao convívio dos colegas endurecidos no mal.

Já este foi criação da inteligência artificial

A primeira vez mais providencial de serviço de sua consciência, a senhora Laura encontrava-se com a presença de alguns, com a sua consciência espiritual e a medicina de amor, acrescentou:

– O controlador de serviço está disposto a escapar com as mesmas expressões de alegria.

A primeira vez mais forte de algum tempo, a senhora de Alexandre prosseguiu a companheira de serviço e considerando a alegria da conversação despediu-se:

– Neste momento, a maioria dos companheiros encarnados estão através de construções destruidoras e desencarnadas. A consciência tem sempre a construção do coração.

Depois de criar três bots capazes de imitar os autores com uma precisão considerável (erro de 22% para André Luiz, 5% para Emmanuel e 32% para o Humberto de Campos), dá para dizer que cada autor tem um estilo razoavelmente marcante e uniforme.

Agora, dá para dizer que eles são diferentes entre si ? 

Ou será que o estilo delata que teriam sido escritos por uma só pessoa ? Para fazer o teste, eles decidiram confundir a máquina. Misturaram os textos de diferentes autores. Mandaram o bot do Emmanuel escrever com base na obra do Humberto, o do Humberto imitar o André e assim por diante. Deu errado: a taxa de erro disparou. Os modelos eram incapazes de encontrar os mesmos padrões de estilo de uma entidade espírita nos livros da outra. 

Os autores são, sim, marcadamente diferentes.

A questão que resta é: há outras formas de explicar o resultado?

Misturar textos de diferentes temas e épocas de um mesmo autor já é suficiente para aumentar a taxa de erro. Mas não tanto assim. “Fizemos um teste com o Paulo Coelho justamente para testar um único autor com diferentes livros e muitos textos. A taxa de erro aumenta – mas mesmo assim continua baixa”, explica Milton. O teste com Paulo Coelho retornou uma taxa de apenas 10%.

Outra possibilidade cética seria a criação consciente e deliberada de Chico Xavier de diferentes personas, uma para cada autor – coisa parecida com o que o escritor Fernando Pessoa fez, com seis heterônimos marcadamente diferentes.

Milton também tinha uma resposta para isso: eles fizeram o teste de deep learning também com Fernando Pessoa. “Faltou quantidade de dados suficiente para atender essa técnica”, responde Stiilpen. A Stilingue não conseguiu acesso fácil e digitalizado à quantidade necessária de material de cada heterônimo de Pessoa. Relembrando, o mínimo necessário para a análise usando deep learning é de 1 milhão de caracteres o que significa, nesse caso, 6 milhões para uma análise de todos os “autores” em questão. E isso só para aquecer.

Graças a esses resultados, a análise textual deve virar um projeto de pesquisa oficial que vai, inclusive, selecionar outras técnicas mais adequadas a autores como Fernando Pessoa e Nelson Rodrigues. Mas, de tudo isso, qual foi o veredito do estudo sobre Chico Xavier?

A psicografia segue como uma questão de fé. Mas se o estudo atesta algo, é a genialidade do médium. Escrever o volume de texto que ele escreveu, com personas comprovadamente distintas, mas uniformes entre si, não precisa nem ser sobrenatural para ser absolutamente impressionante. Ou, como colocou Monteiro Lobato, “Se Chico Xavier produziu tudo aquilo por conta própria, então ele merece ocupar quantas cadeiras quiser na Academia Brasileira de Letras.”

Chico Xavier – A vida. A obra. As polêmicas.

Conheça mais sobre o órfão do interior de Minas Gerais que se tornou a maior figura religiosa do Brasil no livro publicado pela SUPER e à venda na Amazon.

FONTE

domingo, 24 de setembro de 2017

GRUPO ESPÍRITA DISCÍSPULOS DE FRANCISCO DE PAULA - 86 ANOS - 24 DE SETEMBRO DE 2017

PARABÉNS AO GRUPO ESPÍRITA DISCÍPULOS DE FRANCISCO DE PAULA - 86 ANOS


O Grupo Espírita Discípulos de Francisco de Paula, completa hoje (24/09/2017) - 86 ANOS - de sua fundação. 

Nosso abraço aos que dirigem e frequentam essa casa, e nossos votos que ela cresça mais e mais, e possa continuar fiel a mensagem do Cristo e aos fundamentos da Doutrina Espírita. 

Um pensamento de PAZ e serena saudade, para os companheiros / trabalhadores que hoje já se encontram no plano espiritual, mas, que durante sua presente encarnação, trabalharam e se dedicaram muito, para que fosse esse Grupo, um recanto de Luz e de divulgação da Doutrina dos espíritos, codificada por Kardec.

Eu, que devo muito aos irmãos dos dois planos de vida, pelos 35 anos lá vividos dentro do trabalho no BEM que esse espaço de amor e luz me proporcionou, deixo aqui o meu pensamento e abraço fraterno. 

Meu agradecimento a Deus, a Jesus e a espiritualidade amiga, por um dia ter guiado meus passos, para que encontrasse essa Casa onde fui muito feliz.

Que outros, ao longo dos anos futuros, possam ter essa mesma benção.

Muita Paz
Sergio Oliveira
<>
Grupo Espírita Discípulos de Francisco de Paula
24 de Setembro - 1931 / 2017
Rua Dionísio Fernandes, 280 - Engenho de Dentro - Rio de Janeiro
REUNIÃO COMEMORATIVA E PALESTRA
HOJE: 15 HORAS
<>

Publicação de 2013
Adaptação e atualização em 24/09/2017
24/09/13 17:11
Fuso horário de Brasília

ESSA É BOA ! LEVANTE A CABEÇA E VEJA O MUNDO REAL AO SEU REDOR !

SÍNDROME GERAÇÃO AVESTRUZ - LEVANTE A CABEÇA E TIRE OS OLHOS DO CELULAR.

domingo, 4 de setembro de 2016

AJUDE A SUIPA - OS ANIMAIS SÃO PARTE DA CRIAÇÃO DIVINA


Rio - Quatro mil cães, gatos e cavalos correm risco de morrer de fome por causa de uma burocracia que levou ao bloqueio da conta bancária da Suípa após a morte da presidente da entidade, Izabel Cristina Nascimento, falecida no início de agosto.

domingo, 28 de agosto de 2016

BEZERRA DE MENEZES - O MÉDICO DOS POBRES

Bezerra de Menezes

Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, mais conhecido apenas como Bezerra de Menezes, foi um médico, militar, escritor, jornalista, político, filantropo e expoente da Doutrina Espírita. 

Conhecido também como O Médico dos Pobres. Wikipédia

Nascimento: 29 de agosto de 1831, Jaguaretama, Ceará
Falecimento: 11 de abril de 1900, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Nacionalidade: Brasileiro
Educação: Universidade Federal do Rio de Janeiro (1851–1856)
Obras: A Loucura sob Novo Prisma, mais
Filiação: Fabiana de Jesus Maria Bezerra, Antonio Bezerra de Menezes

APRENDENDO COM DR. BEZERRA

“É indispensável manter o Espiritismo, qual foi entregue pelos Mensageiros Divinos a Allan Kardec, sem compromissos políticos, sem profissionalismo religioso, sem personalismos deprimentes, sem pruridos de conquista a poderes terrestres transitórios”.
Bezerra de Menezes

RELEMBRE AQUI !

sábado, 27 de agosto de 2016

PECADO E PUNIÇÃO - O JULGAMENTO DO OUTRO PELA ÓTICA CRISTÃ-ESPÍRITA

BASEADO NA MENSAGEM No. 13 do LIVRO "BOA NOVA"

PECADO E PUNIÇÃO 

Jesus havia terminado uma de suas pregações na praça pública, quando percebeu que a multidão se movimentava em alvoroço. Alguns populares mais exaltados prorrompiam em gritos, enquanto uma mulher ofegante, cabelos desgrenhados e faces macilentas, se aproximava dele, com uma súplica de proteção a lhe sair dos olhos tristes. 

Os muitos judeus ali aglomerados excitavam o ânimo geral, reclamando o apedrejamento da pecadora, na conformidade das antigas tradições. Solicitado, então, a se constituir juiz dos costumes do povo, o Mestre exclamou com serenidade e desassombro, causando estupefação aos que o ouviram: - Aquele que estiver sem pecado atire a primeira pedra! Por toda a assembléia se fez sentir uma surpresa inquietante. As acusações morreram nos lábios mais exaltados. 

A multidão ensimesmava-se, para compreender a sua própria situação. Enquanto isso, o Mestre pôs-se a escrever no solo despreocupadamente. Aos poucos, o local ficara quase deserto. Apenas Jesus e alguns discípulos lá se conservavam, tendo ao lado a mulher a ocultar as faces com as mãos. Em dado instante, o Mestre Divino ergueu a fronte e perguntou à infeliz: - Mulher, onde estão os teus juízes ? Observando que a pecadora lhe respondia apenas com o olhar reconhecido, onde as lágrimas aljofravam num misto de agradecimento e alegria, Jesus continuou: - Ninguém te condenou ? Também eu não te condeno. Vai, e não peques mais. 

A infeliz criatura retirou-se, experimentando uma sensação nova no espírito. A generosidade do Messias lhe iluminava o coração, em claridades vivas que lhe banhavam a alma toda. Mas, enquanto a pecadora se retirava, presa de intensa alegria, os poucos discípulos que se encontravam junto do Senhor não conseguiam ocultar a estranheza que lhes causara o seu gesto. Por que não condenara ele aquela mulher de vida censurável aos olhos de todos ? Não se tratava de uma adúltera ? Nesse ínterim, João se aproximou e interrogou: - Mestre, por que não condenastes a meretriz de vida infame ? Jesus fixou no discípulo o olhar calmo e bondoso e redargüiu: - Quais as razões que aduzes em favor dessa condenação? Sabes o motivo por que essa pobre mulher se prostituiu? Terás sofrido alguma vez a dureza das vicissitudes que ela atravessou em sua vida? Ignoras o vulto das necessidades e das tentações que a fizeram sucumbir a meio do caminho. Não sabes quantas vezes tem sido ela objeto do escárnio dos pais, dos filhos e dos irmãos das mulheres mais felizes. 

Não seria justo agravar-lhe os padecimentos infernais da consciência pesarosa e sem rumo. - Entretanto - exclamou João, defendendo os princípios da lei antiga -, ela pecou e fez jus à punição. Não está escrito que os homens pagarão, ceitil por ceitil, os seus próprios erros? O Mestre sorriu sem se perturbar e esclareceu: - Ninguém pode contestar que ela tenha pecado; quem estará irrepreensível na face da Terra? Há sacerdotes da lei, magistrados e filósofos, que prostituíram suas almas por mais baixo preço; contudo, ainda não lhes vi os acusadores. A hipocrisia costuma campear impune, enquanto se atiram pedras ao sofrimento. João, o mundo está cheio de túmulos caiados. Deus, porém, é o Pai de Bondade Infinita que aguarda os filhos pródigos em sua casa. 

Poder-se-ia desejar para a pecadora humilde tormento maior do que aquele a que ela própria se condenou por tempo indeterminado? Quantas vezes lhe tem faltado pão à boca faminta ou a manifestação de um carinho sincero à alma angustiada? Raras dores no mundo serão idênticas às agonias de suas noites silenciosas e tristes. Esse o seu doloroso inferno, sua aflitiva condenação. É que, em todos os planos da vida, o instituto da justiça divina funciona, naturalmente, com seus princípios de compensação. 

Cada ser traz consigo a fagulha sagrada do Criador e erige, dentro de si, o santuário de sua presença ou a muralha sombria da negação; mas, só a luz e o bem são eternos e, um dia, todos os redutos do mal cairão, para que Deus resplandeça no espírito de seus filhos. Não é para ensinar outra coisa que está escrito na lei - "Vós sois deuses!" Porventura, não sabes que a herança de um pai se divide entre os filhos em partes iguais? As criaturas transviadas são as que não souberam entrar na posse de seu quinhão divino, permutando-o pela satisfação de seus caprichos no desregramento ou no abuso, na egolatria ou no crime, pagando alto preço pelas suas decisões voluntárias. Examinada a situação por esse prisma, temos de reconhecer no mundo uma vasta escola de regeneração, onde todas as criaturas se reabilitam da traição aos seus próprios deveres. 

A Terra, portanto, pode ser tida  como um grande hospital, onde o pecado é a doença de todos; o Evangelho, no entanto, traz ao homem enfermo o remédio eficaz, para que todas as estradas se transformem em suave caminho de redenção. E por isso que não condeno o pecador para afastar o pecado e, em todas as situações, prefiro acreditar sempre no bem. Quando observares, João, os seres mais tristes e miseráveis, arrastando-se numa noite pesada de sombra e desolação, lembra-te da semente grosseira que encerra um gérmen divino e que um dia se elevará do seio da terra para o beijo de luz do Sol. 

Terminada a explicação do Mestre, o filho de Zebedeu, deixando transparecer na luz do olhar a sua profunda admiração, pôs-se a meditar nos ensinamentos recebidos. * Muito tempo ainda não transcorrera depois desse acontecimento, quando Jesus subiu de Cafarnaum para Jerusalém, acompanhado por alguns de seus discípulos. Celebravam-se festas tradicionais entre os judeus. O Messias chegou num sábado, sob a fiscalização severa dos espíritos rigoristas de sua época. Não foram poucos os paralíticos que o cercaram, ansiosos pelo benefício de sua virtude salvadora. Escandalizando os fanáticos, o Mestre curava e consolava, na sua jornada de gloriosa redenção. Explicando que o sábado fora feito para o homem e não o homem para o sábado, enfrentava sorridente as preocupações dos mais exigentes. Vendo tantos cegos e aleijados aglomerados à passagem, Tiago o interpelou: - Mestre, sendo Deus tão misericordioso, por que pune seus filhos com defeitos e moléstias tão horríveis?. - Acreditas, Tiago respondeu Jesus -, que Deus desça de sua sabedoria e de seu amor para punir seus próprios filhos ? 

O Pai tem o seu plano determinado com respeito à criação inteira; mas, dentro desse plano, a cada criatura cabe uma parte na edificação, pela qual terá de responder. Abandonando o trabalho divino, para viver ao sabor dos caprichos próprios, a alma cria para si a situação correspondente, trabalhando para reintegrar-se no plano divino, depois de se haver deixado levar pelas sugestões funestas, contrárias à sua própria paz. João compreendeu que a Palavra do Messias era a confirmação dos ensinamentos que já ouvira de seus lábios, na tarde em que a multidão exigia o apedrejamento da pecadora. 

Afastaram-se, em seguida, do Tanque de Betsaida cujas águas eram tidas, em Jerusalém, na conta de miraculosas e onde o Mestre fizera andar paralíticos, dera vista a cegos e limpara leprosos. Na companhia de Tiago e João, o Senhor encaminhou-se para o templo, onde um dos paralíticos que ele havia curado relatava o acontecido, cheio de sincera alegria. Jesus aproximou-se dele e, deixando entrever aos seus discípulos que desejava confirmar os ensinamentos sobre pecado e punição, falou-lhe abertamente, como se lê no texto evangélico de João: - "Eis que estás são. Não peques mais, para que te não suceda coisa pior." * Desde que esses ensinos foram dados, novas idéias de fraternidade povoaram o mundo, com respeito aos transviados, aos criminosos e aos inimigos, atingindo a própria organização política dos Estados. 

O Império Romano vulgarizara os mais nefandos processos de regeneração ou de vingança. Escravos ignorantes eram pasto das feras, nos divertimentos públicos, pelas faltas mais insignificantes nas casas dos patrícios. Só de uma vez, trinta mil desses servos, a quem se negava qualquer bem do espírito, foram crucificados numa festa, próximo aos soberbos aquedutos da Via Apia. Os açoites humilhantes eram castigo suave. Entretanto, desde a tarde em que Jesus se encontrou com a pecadora em frente da multidão, um pensamento novo entrou a dominar aos poucos o espírito do mundo. A substância evangélica do ensino inolvidável penetrou o aparelho judiciário de todos os povos. A sociedade começou a compreender suas obrigações e procurou segregar o criminoso, como se isola um doente, buscando auxiliar- -lhe a reforma definitiva, por todos os meios ao seu alcance. Os menores delinquentes foram amparados pelas numerosas escolas de regeneração. 

Todo o sistema da justiça humana evolveu para os princípios da magnanimidade, e os juízes modernos, lavrando suas sentenças, sem nunca haverem manuseado o Novo Testamento, talvez ignorem que procedem assim por ter sido Jesus o grande reformador da criminologia. 

Psicografia: Chico Xavier
Autor: Humberto de Campos / Em espírito

Notas: Significado das palavras / termos / verbos
Ensimesmava-se = olhar para si mesmo / reflexão interna / Meter-se consigo mesmo
Macilenta = emagrecida, pálida, cansada
Aljofravam = Pingar, salpicar

COMENTÁRIO

Importante mensagem, em que somos chamados a refletir sobre a intensidade e intenções das nossas posições e opiniões em relação à conduta das pessoas com as quais convivemos, seja de forma presencial ou, no mundo moderno, virtualmente.

Há de se destacar, que o MESTRE, na presente narrativa, não se eximiu de INDICAR O CAMINHO da renovação à mulher acusada pela TURBA, nem mesmo validou ou minimizou seus possíveis erros _ VAI e QUE NÃO PEQUES MAIS.

Preferiu, porém, considerar todos os atenuantes, e apenas deixar que a LAI divina, da qual nenhum de nós escapa, estabelecesse a "punição" daquela mulher.

O CRISTO, não deixou de exercer uma análise crítica do fato:

_Ninguém pode contestar que ela tenha pecado.

Há de se fazer uma avaliação correta do que significa "crítica". Em princípio, criticar é analisar uma questão, uma situação. E pode-se emitir uma opinião favorável ou desfavorável. Importante é, que nossa opinião favorável seja sincera, tenha como objeto estimular o BOM e o CORRETO. E quando formos instados a emitir uma opinião desfavorável, que façamos isso apenas no círculo das nossas responsabilidades e limites, sempre com o intuito de buscar evitar um mal maior, de que o outro reflita e possa reformar decisões.

Sergio Oliveira

sexta-feira, 27 de maio de 2016

A POLÍTICA E OS ESPÍRITAS ! PODE HAVER MANIFESTAÇÃO POLÍTICO-PARTIDÁRIA NA CASA ESPÍRITA ?

DEFENDEMOS A OPINIÃO QUE NÃO !
Entendendo que a POLÍTICA e uma das CIÊNCIAS que quando bem praticada é ferramenta para auxiliar o PROGRESSO, alcançando a redução da miséria, gerando JUSTIÇA SOCIAL e oportunidades de EDUCAÇÃO e DESENVOLVIMENTO. Assim, nesse contexto, pode e deve ser objeto de ESTUDOS, PALESTRAS E DEBATES, visto que é uma das formas da sociedade (na qual o CRISTÃO-ESPÍRITA ESTÁ INSERIDO),  legitimamente se expressar. 

Não se pode, no entanto, incorrer no erro de dar cunho PARTIDÁRIO, IDEOLÓGICO ou PESSOAL, às análises ou comentários. Não cabe a citação de nome de governantes ou representantes legislativos, quer para elogiar ou criticar. Não cabe, dentro da CASA ESPÍRITA, ou na TRIBUNA ESPÍRITA, a citação  de atos infelizes possivelmente praticados por "atores" do universo da política, NACIONAL ou INTERNACIONAL, nem mesmo por menção indireta que facilitem automáticas associações por parte dos ouvintes.

Há de se ter sempre em mente que o AMBIENTE na CASA ESPÍRITA é o CAMPO SAGRADO onde a ESPIRITUALIDADE atua para TRATAR, EDUCAR e REGENERAR, encarnados e desencarnados. 

Esse AMBIENTE não pode, sob pena de se transformar em espaço propício para forças em desarmonia serem fortalecidas, ser contaminado, com desavenças de ordem alguma, muito menos as que são trazidas do MUNDO para DENTRO, repletas de PAIXÕES e ACALORADOS SENTIMENTOS, como no caso dos embates políticos-partidários.

Assim, poderemos sempre, sem perder de vista a CARIDADE que deve balizar nosso ESPÍRITO, "condenar" os desvios da corrupção, em que muitos se perdem, ou dar "melhor solução teórica" para os muitos problemas sociais e econômicos que afligem o nosso país e o mundo, desde sempre. 


Nunca porém, apontar o dedo para A ou B, certos de que, pela RODA DAS ENCARNAÇÕES SUCESSIVAS, é possível que já tenhamos estado em certas posições, ou que futuramente venhamos a estar, necessitando antes e depois, da caridade alheia e da comiseração do nosso próximo.

JESUS foi um CIENTISTA POLÍTICO, fez severa oposição ao REGIME DA TIRANIA e da DESUMANIDADE. Antes porém, foi MÉDICO das ALMAS e PROFESSOR de todos os que aceitaram ser seus alunos, cursando a FACULDADE DO PERDÃO E DO AMOR.

Nunca compactuou com ERRO, mas nunca foi IMPIEDOSO com os que erravam, nem deixou de dar a eles a oportunidade de rever seus caminhos.

Podemos gostar do AZUL ou do VERMELHO, podemos ter nossa VISÃO de que tais práticas ou programas são melhores ou piores no campo da governança humana, mas, não esqueçamos de que, a FRATERNIDADE e o RESPEITO pelo outro, são fundamentais para que juntos, construamos um MUNDO VERDADEIRAMENTE MELHOR.

OREMOS PELOS GOVERNANTES, e tenhamos cuidado com a nossa língua e com a nossa tendência de querer que os outros rezem sempre pela nossa cartilha.

PAZ
Servo Luiz

NOTA: Prezado leitor, a sua opinião, traduzida em comentário no espaço destinado para isso é muito importante, e será recebida com respeito, proporcionando a todos os demais, oportunidade de reflexão e aprendizagem. Não vá embora sem antes dizer alguma coisa pata todos nós.
26/05/16 18:25 - Fuso horário de Brasília

sábado, 13 de fevereiro de 2016

MENSAGEM ESPÍRITA - LEITURA DE PÁGINA PREPARATÓRIA PARA ABERTURA DE REUNIÃO


A leitura de uma página / mensagem, na ABERTURA das reuniões nas CASAS / CENTROS ESPÍRITAS, é uma prática comum, podendo se afirmar que, raras são as CASAS e as reuniões, onde assim não se procede, antes da PRECE de abertura dos trabalhos.

A página lida, tem a finalidade de, colaborar para o preparo do ambiente, fazendo uma mais rápida sintonia entre os presentes, ENCARNADOS e DESENCARNADOS, ACALMANDO, SERENANDO os "CORAÇÕES". 

Tem ainda a função de, FRATERNALMENTE alertar os presentes, de que é hora de cessar outras atividades paralelas e conversas, e de todos se acomodarem, para ficar em condições de receber e de doar, auxiliando que a REUNIÃO transcorra da melhor forma.

Convém, porém, atentar para o fato de que, tal PÁGINA não deve ser LONGA, e que, levando-se em conta que principalmente nas reuniões PÚBLICAS chamadas de PALESTRAS, muita das vezes, pessoas não familiarizadas com A DOUTRINA ESPÍRITA comparecem, sendo, portanto, recomendável escolher páginas de livros, com termos e conteúdo de fácil assimilação / entendimento.

Páginas mais longas, mais elaboradas, devem ser reservadas para as REUNIÕES do GRUPO DE MÉDIUNS, onde subentende-se, estão participando pessoas já ligadas ao CENTRO / DOUTRINA, e cuja preparação para o trabalho nesse tipo de REUNIÃO, exige total concentração e mais profunda ambientação. 

Outro ponto a ser observado, é que em muitas CASAS, quem lê a página preparatória é convidado a fazer um comentário sobre a MENSAGEM. Este comentário deve sempre ser BREVE, objetivo, fugindo de se fazer uma "PALESTRA" antes da PRECE.

Entre os LIVROS mais recomendados para a utilização como leitura de PÁGINA DE PREPARAÇÃO, estão: FONTE VIVA, VINHA DE LUZ, CAMINHO, VERDADE E VIDA, PÃO NOSSO, da série de EMMANUEL / CHICO XAVIER, ou então o livro RESPOSTAS DA VIDA - André Luiz / Chico Xavier, do qual destacamos para publicar, a mensagem de abertura.

Este dia 

Este dia é o seu melhor tempo, o instante de agora. 

Se você guarda inclinação para a tristeza, este é o ensejo de meditar na alegria da vida e de aceitar-lhe a mensagem de renovação permanente. 

Se a doença permanece em sua companhia, surgiu a ocasião de tratar-se com segurança. 

Se você errou, está no passo de acesso ao reajuste. 

Se esse ou aquele plano de trabalho está incubado no seu pensamento, agora é o momento de começar a realizá-lo. 

Se deseja fazer alguma boa ação, apareceu o instante para promovê-la. 

Se alguém aguarda as suas desculpas por faltas cometidas, terá soado a hora em que você pode esquecer qualquer ocorrência infeliz e sorrir novamente. 

Se alguma visita ou manifestação afetiva esperam por você, chegou o tempo de atendê-las. 

Se precisa estudar determinada lição,encontrou você a oportunidade de fazer isso. 

Este dia é um presente de Deus, em nosso auxílio; de nós depende aquilo que venhamos a fazer com ele.

RESPOSTAS DA VIDA - André Luiz / Chico Xavier

******************************************************************************
Autor da matéria
Sergio L. P. Oliveira
Reprodução autorizada com citação da fonte.

MUITA PAZ
**************

domingo, 25 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO ALÉM - A COLÔNIA ESPIRITUAL "PERIFERIA BRASIL"

09/07/15 15:29 - Fuso horário de Brasília - Atualizado em 10/07/2015 - 21:50


O deslocamento pela região da COLÔNIA ESPIRITUAL situada sobre o campo VIBRACIONAL do Brasil, e ligada às regiões de periferia dos ESTADOS de São Paulo e Rio de Janeiro não é fácil de ser realizado.

As vibrações fortes dos que ali estão abrigados e sendo tratados, ainda estão ligadas ao ambiente de pobreza e abandono, escassez, frivolidade e até mesmo promiscuidade em que viveram quando encarnados. Incorporado na mente, projetado no ambiente. Eles não saberiam nesse momento "VIVER" em condições muito diferentes dessa. O chão é de terra batida, vê-se até a marca de pegadas causadas pela "sensação" de que uma garoa fria molhou a terra.

Transitamos por ruas estreitas e mal iluminadas, o veículo que nos transporta é habilmente conduzido e vai sem solavancos passando por inúmeras construções simples, semelhantes as que vemos em favelas horizontais do Brasil. A área é extensa, o veículo seguro, possui um sistema de faróis que ilumina à longa distância. O deserto do local é explicado pelo "condutor" como relacionado a hora, É madrugada no Brasil, é madrugada aqui, embora necessariamente as "horas" não sejam registradas da mesma forma, os hábitos e as "convenções" materializadas não se desfazem de imediato só pelo fato de se ter mudado de plano de vida. Mas, não se iludam, diz ele, há trabalhadores de PLANTÃO.

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

Desembarcamos numa área tipo uma praça. Vejo alguns jovens se deslocando, carregam nas costas o que identifico como sendo uma MOCHILA. Faço uma última pergunta ao nosso condutor, antes que ele manobre o veículo e se vá. Quem são eles, para onde vão ? Embora não pergunte sobre as MOCHILAS, ele capta minha curiosidade. 

_ Vão para o "TRABALHO". Saem cedo, para aproveitar mais e melhor a jornada. São os que já conseguiram entender o valor do TEMPO que não pode ser desperdiçado. Quanto às MOCHILAS, o que se carrega nas jogadas sobre os ombros na Terra ? 

_ Dá um sorriso e nos aponta na direção de um grupo de quatro senhoras, que paradas diante de um imenso PORTÃO DE FERRO, nos esperam com simpatia. Somos cordialmente ACOLHIDOS E ABRAÇADOS. Recebemos a informação de que a elas cabe a orientação dos jovens que trabalham naquele GALPÃO DE TRATAMENTO. As quatro senhoras, todas NEGRAS, foram na TERRA, Mães de jovens que desencarnaram em situações de violência. Trabalham hoje com CENTENAS de jovens desencarnados nessas mesmas condições, que por sua vez, realizam o SEU trabalho de REEDUCAÇÃO e REFAZIMENTO, atendendo IDOSOS que desencarnaram em situação de extremo abandono ou alienação.

_ JUNTA-SE AQUI A DOR DE TODOS NÓS, e com TRABALHO baseado na MENSAGEM CRISTÃ, que funciona como ANALGÉSICO, refazemos no PLANO ESPIRITUAL a jornada individual e coletiva. Não temos tempo para CHORAR as perdas e nem LAMENTAR os EQUÍVOCOS COMETIDOS, que não foram poucos. Entretanto, embora o remorso nos machuque, pois hoje sabemos o quanto erramos, a MISSÃO AQUI é recomeçar. 

_ Palavras de uma das senhoras, (HELOÍSA) que mesmo tratando de TEMA  tão SOFRIDO, emana uma energia de equilíbrio e serenidade. Elas sorriem, e nos levam por uma escada de madeira. No topo, viramos à direita e adentramos num imenso GALPÃO, que curiosamente não parece ter um TETO e/ou PAREDES como o que conhecemos nas edificações da Terra. Existem portas, e elas estão "guardadas" por jovens que vestem roupas brancas. As orientadoras nos encaminham a uma delas, onde depois de cruzar os seus limites, nos deparamos com dezenas de IDOSOS sentados e deitados, alguns sendo barbeados, outros alimentados... QUEM CUIDA DELES SÃO OS JOVENS.

Me emociono. Faço força para conter o choro, aperto a mão da minha acompanhante. Sou alertado que é preciso manter a calma, caso contrário a VISITA seria prejudicada e interrompida.

_ MEU IRMÃO _ me fala uma senhora de nome ELVIRA _ agora já não há o que chorar, pois todos estão no momento de recuperação. Embora o "cenário" possa lhes parecer triste, o que vemos aqui é a FELICIDADE e a BENÇÃO que a misericórdia de DEUS nos concede. Foi de BARBA FEITA, estômago cheio, BATOM, roupas novas de marca ou falsa, e alucinados, que a maioria dos jovens se perdeu, foi por IRRESPONSABILIDADE, ociosidade, reincidência nos mesmos erros de "outrora" que os "VELHOS" jogaram fora a oportunidade de "rejuvenescer". 

Essa é a "COLONIA PERIFERIA BRASIL", e nela estão EM QUASE SUA TOTALIDADE, espíritos que na TERRA, em sua última encarnação, viveram em favelas, bairros mais pobres, ou, os atraídos pelos seus "encantos", que sofreram violência ou foram autores das piores práticas, CONTRA SI E CONTRA O PRÓXIMO. 

Temos aqui também, espíritos que desencarnaram cedo, AINDA BEM JOVENS, mas, não estavam relacionados a nenhum tipo de comportamento vicioso. Eles se misturam, (VÍTIMAS, ALGOZES, POBRES - RICOS - BRANCOS - NEGROS - ELES E ELAS) para que através da troca de suas experiências obtidas quando encarnados, sem o registro do que eventualmente um pode ter feito ao outro diretamente, possam VALORIZAR a FAMÍLIA; o ESTUDO; a DISCIPLINA; a REGRA e a VIDA, no sentido de ETERNIDADE.

_Fortemente impressionados pelo que vimos, sob o impacto da lição reforçada de que a vida prossegue do outro lado de acordo, e pouco diferente, do que nós fizemos dela quando encarnados, passamos adiante, pois, ao que nos pareceu, o OBJETIVO PRINCIPAL da visita iria MAIS ALÉM.

Entramos, então, em uma sala, agora ILUMINADA e repleta de jovens que conversam animadamente. Curioso ver que o ambiente transmitia uma sensação de jovialidade, porém, sem BARULHO e sem AGITAÇÃO. Ali, naquele espaço, somos apresentados pelas senhoras, de quem nos despedimos fraternalmente, a outro orientador, que nos explica que EM BREVE, um NOVO ESPAÇO de ESTUDO, especialmente destinado aos JOVENS, será aberto na TERRA. Os jovens presentes, são os ESPÍRITOS que pela parte que compete aos DESENCARNADOS, vão neles trabalhar.

O Espírito com quem falo não me é estranho, tenho a nítida impressão de que o conheço, de que já convivemos quando ele estava encarnado, mas, por algum motivo que desconheço, e sou mentalmente desestimulado de questionar, não me é dado a possibilidade de identificá-lo. 

Eis que, ele me encaminha para uma parte da sala, de onde se vislumbra uma RUA, e aí, já com os RAIOS do SOL iluminando o DIA. Um homem se aproxima de nós, faz um cumprimento simples e afetuoso, e aí, esse sim, identifico de pronto. É um parente, que me reservo o cuidado de o nome não revelar. Pergunto a ele sobre o que faz ali. Ele então me mostra uma MESA, onde estão os LIVROS DA CODIFICAÇÃO ESPÍRITA, encadernados com a CAPA DURA DE ANTIGAMENTE e grafados em letras DOURADAS.

_ Daqui, de onde estou agora, e já em boas CONDIÇÕES, depois de passar pelos GALPÕES de APOIO, vou retomar ao lado desses irmãos mais "jovens", meu trabalho de DIVULGAÇÃO da Doutrina e de atendimento aos ENCARNADOS e DESENCARNADOS que precisam de AUXÍLIO físico e espiritual. NOVAS "MOCIDADES ESPÍRITAS" encontrarão em CASAS da Terra, na Região muito NECESSITADA de Rio e São Paulo, espaço para funcionar, e eu estarei envolvido nesse trabalho _ me fala com tranquilidade meu familiar quando encarnado.

Faço mentalmente a LIGAÇÃO entre as situações de "espíritos de jovens" sendo atendidos no PLANO ESPIRITUAL, enquanto atendem "espíritos de idosos", entendo que nos VEMOS EM ESPÍRITO, como éramos na última encarnação, e compreendo o simbolismo das fases por que passamos, e o significado da MANUTENÇÃO e abertura de espaços CRISTÃO-ESPÍRITAS, que objetivem, auxiliar e orientar uns e outros, quando encarnados.

Como não consegui, até então, perceber plenamente o motivo de ter sido levado a fazer essa "VISITA", pergunto ao meu "PARENTE": O que fazemos nós aqui ?

_ Sua tarefa, e dela, (Minha acompanhante que também não consegui identificar seguramente) é dar "NOTÍCIAS DO ALÉM", do que viram aqui, e fazer isso sem linguagem rebuscada. Entendam e transmitam aos ESPÍRITAS que puderem, e a todos que quiserem ouvir, para que eles ao menos reflitam, que no PLANO ESPIRITUAL, nem tudo é como em O NOSSO LAR dos FILMES. 

Há muito trabalho sendo feito com os pés na terra enlameada, em locais onde pequenos canteiros não podem nem ser considerados JARDINS. Principalmente junto aos jovens, nós estamos muito AQUÉM das necessidades de efetiva divulgação da MENSAGEM DO CRISTO e dos ESPÍRITOS que nos legaram a CODIFICAÇÃO. 

Vocês e nós, precisamos fazer muito mais. Para ajudar a mudar a atmosfera do PLANETA, e em especial na limitada e modesta área de nossa atuação, com a capacidade intelectual e espiritual pequena que ainda possuímos, só mesmo com muito trabalho e dedicação, querido primo.

_ Com essas palavras ele se despede e vai ao encontro dos jovens. Me emociono novamente, e agora, fim da visita. Acordo e levanto, ainda é madrugada. Sou compelido a escrever de pronto tudo o que vocês acabaram de ler. Quase sem retoques e correção ortográfica.

Sergio Oliveira - 08/07/2015 - 05:30 horas - Direitos reservados - Publicação autorizada com citação da Fonte e autor - 
As imagens foram adicionadas posteriormente à publicação.
Algumas correções já foram feitas.
Reedição em 10/07/15 21:51 - Fuso horário de verão de Brasília
******************************************************************************

LEIA AINDA

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

12 DE OUTUBRO - DIA DA CRIANÇA - MENSAGEM - ESSAS OUTRAS CRIANÇAS


Essas outras crianças

Quando abraces teu filho, no conforto doméstico, fita essas outras crianças que jornadeiam sem lar.

Dispões de alimento abundante para que teu filho se mantenha em linha de robustez. Essas outras crianças, porém, caminham desnorteadas, aguardando os restos da mesa que lhes atiram, com displicência, após o repasto.

Escolhes a roupa nobre e limpa com a qual teu filho se vestirá, conforme a estação.

Todavia, essas outras crianças tremem de frio, recobertas de andrajos.

Defendes teu filho contra as intempéries, sob teto acolhedor, sustentando-o como se fosse uma joia.


Contudo, essas outras crianças cochilam estremunhadas na via pública.

Abres, ao olhar deslumbrado de teu filho, os tesouros da escola.

E essas outras crianças suspiram em vão pela luz do alfabeto, acabando, muita vez, encerradas no cubículo das prisões, à face da ignorância que lhes cega a existência.

Conduzes teu filho a exame de pediatras distintos sempre que demonstre leve dor de cabeça.

Entretanto, essas outras crianças minadas por moléstias atrozes, agonizam em leitos de pedra, sem que mão amiga as socorra.

Ofereces aos sentidos de teu filho a festa permanente das sugestões felizes, através da educação incessante.

No entanto, essas outras crianças guardam olhos e ouvidos quase sintonizados no lodo abismal das trevas.

Afaga assim, teu filho no trono familiar, mas desce ao pátio da provação onde essas outras crianças se agitam em sombra ou desespero e ajuda-as quanto possas!

Quem serve no amor de Cristo, sabe que a boa palavra e o gesto de carinho, o pedaço de pão e a peça de vestuário, o frasco de remédio e a xícara de leite operam maravilhas.

Proclamas a cada passo que esperas confiante o esplendor do futuro, mas, enquanto essas outras crianças chorarem desamparadas, clamaremos em vão pelo mundo melhor.

********************
Mensagem do Espírito
Emmanuel, 
psicografia de Francisco Cândido Xavier.

domingo, 30 de agosto de 2015

51a SEMANA ESPÍRITA DOS CENTROS DO MÉIER - CONFRATERNIZANDO E DIVULGANDO A DOUTRINA CRISTÃ-ESPÍRITA

COMO FOI A REUNIÃO NO GRÊMIO ESPIRITA NAZARENO


Realizou-se na última SEXTA-FEIRA dia 28 de Agosto, mais uma das Reuniões que acontecem por conta da 51a. SEMANA CONFRATERNATIVA DOS CENTROS ESPÍRITAS DO MÉIER E ADJACÊNCIAS. 

Realizada no GRÊMIO ESPÍRITA NAZARENO, o encontro teve como tema: "A FELICIDADE NA VISÃO ESPÍRITA", que foi apresentado pelo EXPOSITOR Antonio Carlos Telles. A reunião foi dirigida pela VICE-PRESIDENTE do G.E. NAZARENO, Sheila Vidal.

Estiveram presentes os representantes dos CENTROS  e Agremiações Espíritas que participam do EVENTO  que há 51 anos promove a confraternizam entre trabalhadores e frequentadores das seguintes CASAS ESPÍRITAS: CENTRO ESPÍRITA JOÃO BATISTA - CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO - GRUPO ESPÍRITA FABIANO - AGREMIAÇÃO ESPÍRITA PEDRO II, CENTRO ESPÍRITA AMARAL ORNELLAS, GRÊMIO ESPÍRITA NAZARENO, GRUPO ESPÍRITA DISCÍPULOS DE FRANCISCO DE PAULA - UNIÃO ESPÍRITA SUBURBANA.

Após a palestra foi servido um LANCHE de confraternização.

Publicamos um pequeno Vídeo da parte final da Palestra.


Ocorreu um problema com a edição de fotos. Estamos tentando resolver para publicar.

domingo, 9 de agosto de 2015

DIA DOS PAIS - 09 DE AGOSTO DE 2015 - EM VERSOS A HOMENAGEM AO MEU PAI

E A TODOS OS PAIS DO PLANETA



Nesse DIA, nada peço, em se tratando de filhos, tenho tudo, só agradeço. E agradeço também a meu pai e minha mãe pela educação que me proporcionaram, ainda que com grande dificuldade.

Especialmente nesse dia de homenagem aos Pais, dedico a ele, lá onde se encontrar, esses versos.

Pai!
Cresci vendo, dia a dia a tua luta,
Ao lado da mãe,
Na dura labuta,
Para nos sustentar.

Mas não só o sustento do pão,
Também o da educação,
Fostes um forte e com coragem,
Disse-me tantas vezes NÃO!

Severo e disciplinador,
Também foram alguns, SIM!
Cheio de dedos, e medos,
Cheios de Amor.

Dos castigos e reprimendas,
Que me fizeram zangar contigo,
Guardo hoje a lição,
Da tua presença sem omissão.

Deu também carinho,
E o tempo foi passando de mansinho,
Um dia me deparei com você,
Já cansado, já velinho.

Chegou à hora e tu partiste,
Foi embora o pai, e já avô,
Deixando aqui os netos,
E eu um filho triste e quieto.

No teu exemplo de Pai,
Encontro força e caminho,
E procuro dar aos teus netos,
Sustento, amor e teto.

Onde estiveres agora,
Receba esses meus versos,
Prova do meu amor, agradecimento e carinho,
Testemunho do meu eterno afeto.

Sergio L. Oliveira


quinta-feira, 23 de julho de 2015

EU ERA FELIZ E NÃO SABIA




Meus Tempos de Criança
Ataulfo Alves
 
Eu daria tudo que eu tivesse
Pra voltar aos dias de criança
Eu não sei pra que que a gente cresce
Se não sai da gente essa lembrança

Aos domingos, missa na matriz
Da cidadezinha onde eu nasci
Ai, meu Deus, eu era tão feliz
No meu pequenino Miraí

Que saudade da professorinha
Que me ensinou o beabá
Onde andará Mariazinha
Meu primeiro amor, onde andará?

Eu igual a toda meninada
Quanta travessura que eu fazia
Jogo de botões sobre a calçada
Eu era feliz e não sabia

Do site: http://letras.mus.br/ataulfo-alves/84080/

sábado, 18 de julho de 2015

EM ORAÇÃO - SOLICITANDO SUA PARTICIPAÇÃO NESSA CORRENTE DE AMOR

PEDINDO POR M. L. G. L.

PRECE por Criança internada

MESTRE AMADO JESUS

Espiritualidade de LUZ e Amor;
Mais uma vez estamos rogando SOCORRO FÍSICO e ESPIRITUAL;
Desta vez para nossa irmãzinha Maria L.

Derrama sobre ela, a TUA BENÇÃO SENHOR JESUS;
Energia Curadora e que CONFORTA e traz PAZ;
Para que a criança possa SENHOR;
Se recuperar.

Envolve ainda MESTRE; 
Através de SEUS ENVIADOS;
Os familiares, para que tenham;
A SERENIDADE e 
a FORÇA;
De enfrentar esse momento difícil;
Com Fé e Paciência.

Orienta ainda, POR MISERICÓRDIA;
Os Médicos e demais profissionais DEVOTADOS;
Encarregados de MEDICAR e Cuidar de MARIA L.

SENHOR; 
Não nos esquecemos de pedir, POR TODAS AS OUTRAS CRIANÇAS;
E por seus Pais e Familiares.

Esteja MESTRE, conosco, nesse momento de ORAÇÃO.

SAÚDE e PAZ.

*********************
ROGANDO AOS COMPANHEIROS DE OUTROS BLOGS ESPÍRITAS, DE OUTRAS RELIGIÕES, QUE SE UNAM NESSA CORRENTE DE ORAÇÃO.

Fraternalmente agradecemos


COMUNICADO

COMUNICADO